Em meio a um ano difícil nos mercados e para a performance dos fundos, a Verde Asset decidiu reformular a equipe que cuida da área de ações brasileiras.

As mudanças envolvem a saída de três profissionais da gestora de Luis Stuhlberger. Deixaram a casa os analistas Luiz Paulo Nogueira e Raul Cavendish e o gestor Elmer Ferraz, conforme o Seu Dinheiro apurou.

Com isso, a área de análise de ações da Verde será chefiada por Antonio Barreto. Por fim, o próprio Stuhlberger vai cuidar das decisões de risco no dia a dia.

A reestruturação do time de ações acontece em um período turbulento para a indústria de fundos de investimento, que convive com desempenho fraco e resgates de clientes.

Nos últimos 12 meses, o lendário fundo Verde acumula alta de 9,95%, bem atrás dos 12,33% do CDI, o indicador de referência. Apenas em abril, a rentabilidade foi negativa em 3,83%.

No início deste mês, Stuhlberger declarou-se arrependido por ter confiado que haveria algum esforço do atual governo para equilibrar as contas públicas.

“Eu me penitencio por ter acreditado que o PT teria alguma seriedade fiscal”, afirmou, em evento da gestora. De fato, o fundo reduziu a exposição a ativos brasileiros, incluindo a posição em bolsa.

A Verde conta com pouco mais de R$ 23 bilhões sob gestão, de acordo com dados da Anbima, a associação que representa o segmento.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: SeuDinheiro

Share.