As maiores criptomoedas do planeta tentam se recuperar do tombo da semana passada e oscilam entre leves altas e baixas neste domingo (7). No primeiro dia da semana, o bitcoin (BTC) avança pouco mais de 1%, mas ainda recua 6,5% nos últimos sete dias. 

Nos últimos dias, a baixa liquidez em virtude do feriado de 4 de Julho nos Estados Unidos aumentou a volatilidade dos mercados.

Também afetou as cotações do BTC a expectativa com a liquidação dos ativos da Mt.Gox, uma das maiores exchanges do planeta que entrou em ruína há cerca de dez anos. 

Veja a seguir o desempenho das dez maiores criptomoedas do mundo hoje:

# Nome (Símbolo) Preço Variação 24h Variação 7d Variação YTD
1 Bitcoin (BTC) US$ 57.470,25 1,36% -6,50% 35,93%
2 Ethereum (ETH) US$ 3.014,71 0,38% -10,94% 32,12%
3 Tether (USDT) US$ 1,00 0,00% 0,19% 0,02%
4 BNB (BNB) US$ 508,06 -0,74% -11,60% 62,67%
5 Solana (SOL) US$ 139,89 0,92% -0,88% 37,80%
6 USDC (USDC) US$ 1,00 0,00% 0,01% -0,01%
7 XRP (XRP) US$ 0,4347 -0,08% -7,99% -29,32%
8 Toncoin (TON) US$ 7,57 1,03% -1,17% 227,68%
9 Dogecoin (DOGE) US$ 0,1101 1,46% -9,90% 23,07%
10 Cardano (ADA) US$ 0,366 2,61% -4,90% -38,40%
Fonte: Coin Market Cap

Além do bitcoin: Notcoin (NOT) salta 50%

O destaque entre as criptomoedas vai para o Notcoin (NOT), que salta mais de 50% só neste domingo, representando a maior alta entre as principais criptomoedas do mundo nas últimas 24h. 

O Notcoin começou como um jogo que se tornou viral entre os usuários do app de mensagens Telegram, e que integrou muitos usuários na Web 3.0 através de uma mecânica de mineração por toque.

Assim, o NOT é um token da comunidade, que permite que os usuários ganhem recompensas ao descobrir produtos Web 3.0, jogar com outros usuários e agregar valor ao ecossistema, entre outras coisas.

Vale destacar, contudo, que o mercado de criptomoedas é altamente volátil e que protocolos podem surgir e desaparecer em pouco tempo. Por isso, é recomendado alocar uma parcela responsável dos seus investimentos em ativos digitais. 

Fonte: SeuDinheiro

Share.