Soa o gongo e se encerra a primeira parte da luta. De um lado, o bitcoin (BTC) registra uma valorização que o coloca próximo do cinturão de US$ 70 mil. Do outro, a inflação dos Estados Unidos veio mais fraca do que o esperado, dando espaço para as criptomoedas mostrarem tudo o que sabem no ringue.

O começo eletrizante dos negócios nesta quarta-feira (12) se deve à divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês) dos EUA, um dos indicadores mais esperados desta semana. 

A inflação norte-americana permaneceu estável em maio, um resultado abaixo das previsões de alta de 0,3% na base mensal.

Já o núcleo do CPI, que exclui itens mais voláteis como energia e combustíveis, avançou 3,4% em maio, na base anual, ante a estimativa de alta de 3,5% do mercado.

Ainda que o CPI não seja a referência de inflação para o Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA), o dado repercute nas apostas sobre a política monetária norte-americana — e esse será o segundo round do bitcoin.

Antes de entender o porquê, confira o desempenho das dez maiores criptomoedas do mundo hoje: 

# Nome (Símbolo) Preço Variação 24h Variação 7d Variação YTD
1 Bitcoin (BTC) US$ 69.208,41 3,04% -2,67% 63,69%
2 Ethereum (ETH) US$ 3.623,39 2,50% -4,95% 58,80%
3 Tether (USDT) US$ 0,9999 0,04% 0,01% 0,00%
4 BNB (BNB) US$ 628,12 3,02% -10,15% 101,07%
5 Solana (SOL) US$ 159,74 3,83% -8,09% 57,36%
6 USDC (USDC) US$ 1,00 0,01% 0,00% -0,01%
7 XRP (XRP) US$ 0,4928 1,75% -6,59% -19,87%
8 Dogecoin (DOGE) US$ 0,1452 3,41% -10,90% 62,28%
9 Toncoin (TON) US$ 7,20 5,03% -0,39% 211,48%
10 Cardano (ADA) US$ 0,4392 2,40% -4,42% -26,08%
Fonte: Coin Market Cap
  • Se a sua fonte de renda está 100% em reais, você está errado – mas ainda dá tempo de começar a buscar ganhos em dólares de forma prática. Clique AQUI e saiba como.

O segundo round do bitcoin

Nesta quarta-feira ainda acontece a decisão de política monetária dos Estados Unidos. No fim da tarde de hoje, o Federal Reserve deve manter as taxas de juros na atual banda, entre 5,25% e 5,50% ao ano.

As atenções se voltam, no entanto, para o comunicado após a decisão e para a entrevista coletiva de Jerome Powell, presidente do Fed. No comunicado, o chamado dot plot, com as projeções dos dirigentes do banco central norte-americano em relação aos juros no curto prazo, também será lido com atenção.

Isso porque as apostas para cortes de juros em 2024 se deterioraram e agora o mercado espera com apenas uma redução nas taxas — esta única ainda pode ficar para o ano que vem, segundo algumas projeções.

Um cenário de juros prolongados poderia evitar que o BTC voltasse a superar as máximas históricas em 2024, mantendo o mercado cripto estagnado no atual nível de preços.

Fonte: SeuDinheiro

Share.