O Banco do Japão (BoJ) manteve, como esperado, sua taxa básica de juros inalterada nesta sexta-feira (14), mas indicou que está considerando a redução de sua compra de títulos do governo japonês. A decisão foi tomada por unanimidade.

O Banco Central deixou as taxas de depósitos de curto prazo inalteradas na faixa entre 0% e 0,1% no final de sua reunião de política monetária de dois dias.

O Banco decidiu, por maioria de 8 votos a 1, que reduzirá posteriormente o seu montante de compras de títulos (JGB) para garantir que as taxas de juro de longo prazo sejam formadas mais livremente nos mercados financeiros.

Continua depois da publicidade

O BoJ disse que irá recolher opiniões dos participantes no mercado e, na próxima reunião do comitê, decidirá sobre um plano detalhado para a redução do seu valor de compra durante os próximos um a dois anos, ou mais.

Em março, o BC japonês elevou as taxas de juros pela primeira vez em 17 anos – encerrando o último regime de taxas negativas do mundo – e descartou a política de controle da curva de juros em uma mudança radical de política.

No entanto, o BoJ disse na época que continuaria a comprar JGBs a um ritmo de cerca de 6 trilhões de ienes (US$ 38,17 bilhões) por mês.

Fonte: InfoMoney

Share.