Presidente do BC ressaltou que os modelos usados pelo BC trabalham “muito fortemente” pelo canal das expectativas, que é influenciado pelo nível do prêmio de risco do país, o que também impacta a política monetária

SÃO PAULO (Reuters) – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que pronunciamentos feitos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva impactam negativamente preços de mercado e que o efeito desses movimentos pode dificultar a atuação da autoridade monetária.

“O que se mostrou no passado recente –não é uma opinião minha, é uma constatação– quando a gente olha movimentos de mercado em tempo real com os pronunciamentos, você teve piora em algumas variáveis macroeconômicas, em alguns preços de mercado”, afirmou Campos Neto em entrevista à imprensa, em São Paulo, ao ser questionado se falas recentes do presidente sobre a política fiscal dificultam o trabalho do BC.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

Continua depois da publicidade

“Então é óbvio que quando você aumenta o prêmio de risco, por qualquer razão, independente de qual razão seja, esse aumento de prêmio de risco, com volatilidade, obviamente faz com que o trabalho (do BC) fique mais difícil ao longo do tempo”, prosseguiu.

Ele ressaltou que os modelos usados pelo BC trabalham “muito fortemente” pelo canal das expectativas, que é influenciado pelo nível do prêmio de risco do país, o que também impacta a política monetária.

Fonte: InfoMoney

Share.