O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China em maio divulgado nesta quarta-feira (11) pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS) ficou abaixo das projeções de analistas. Houve deflação de 0,1% na comparação com abril e estabilidade em 0,3% ante maio de 2023.

Baixe uma lista de 11 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

As projeções eram de estabilidade na variação mensal (0,0%) e uma ligeira aceleração para 0,4% na medição anual.

Continua depois da publicidade

O núcleo do CPI, descontados os preços de alimentos e energia, subiu 0,6%, mantendo uma trajetória ascendente.

Segundo o NBS, os preços dos não alimentos subiram 0,8% na comparação anual devido, em parte, aos preços mais altos de energia e serviços, enquanto os preços dos automóveis caíram em meio à concorrência acirrada.

A deflação de alimentos perdeu força, ficando em -2,0%, após queda de 2,7% em abril, puxada pela variação dos preços dos ovos, carne bovina e de carneiro. Enquanto isso, a carne suína, dos peixes de água doce e dos vegetais tiveram aumentos de preços maiores.

Fonte: InfoMoney

Share.