A Suzano (SUZB3) informou na noite da última terça-feira (11) que firmou uma parceria com a B&C Holding Österreich GmbH para adquirir uma participação minoritária de 15% das ações da Lenzing Aktiengesellschaft, detidas pela holding.

Segundo as informações divulgadas à CVM, a operação deve sair por 229.971.261,90 de euros, equivalente a R$ 1,309 bilhão.

A Lenzing é uma empresa com sede na Áustria, focada em tecidos sustentáveis e fibras especiais de celulose, à base de madeira, com capacidade superior a 1 milhão de toneladas.

Esses fios são utilizados tanto na indústria têxtil quanto na fabricação de materiais de higiene e outros produtos.

Vale destacar que a aquisição faz parte da expansão de novos negócios da Suzano, que atua justamente no setor de celulose e papel.

Recentemente, houve rumores sobre a empresa adquirir a International Paper, porém  Walter Schalka, presidente da Suzano, dissipou as especulações.

  • É hora de investir nesta “gigante” do agro, diz analista. Companhia está descontada e faz parte da carteira de “top picks” da analista Larissa Quaresma, da Empiricus Research. Clique aqui e confira o nome da ação.

Suzano no controle

Além da aquisição, o acordo com acionistas da B&C inclui o direito da Suzano deter duas cadeiras no conselho de administração da Lenzing.

A ideia, de acordo com a companhia de papel e celulose, é buscar conhecer o negócio da Lenzing antes de decidir pela aquisição do controle da companhia. 

Ainda, a Suzano terá o direito de alterar o controle da Lenzing com a aquisição de um adicional de participação de 15% de ações da Lenzing detidas pela B&C.

Esse processo se dará por meio de uma oferta pública de aquisição obrigatória, de acordo com a lei austríaca, que será devidamente informado ao mercado.

Por fim, a Suzano afirma que a operação não traz impacto material para sua alavancagem financeira e/ou endividamento.

Fonte: SeuDinheiro

Share.