A Nvidia (NVDC24) se transformou em uma gigante da tecnologia que impulsiona empresas como Apple, Microsoft, Google, Tesla e OpenAI.

Nos 31 anos da companhia, Jensen Huang — o único CEO da empresa — enfrentou vários obstáculos: a primeira unidade de processamento gráfico da Nvidia quase tirou a empresa do mercado e ele fechou várias parcerias e acordos de licenciamento ao longo do caminho que naufragaram.

Ainda assim, sob a liderança de Huang, a Nvidia se tornou recentemente uma das poucas empresas do mundo a ultrapassar o valor de mercado de US$ 3 trilhões.

O compromisso de Huang com a perseverança poderia ter vindo de um mentor de negócios ou de um colega da tecnologia, mas foi um jardineiro que ensinou ao CEO da Nvidia a lição que ele mesmo diz ser responsável pela ascensão da companhia. 

Uma flor no jardim da tecnologia

Durante um discurso de formatura no Instituto de Tecnologia da Califórnia na sexta-feira (14), Huang contou como recebeu sua lição mais importante.

O executivo contou que costumava trabalhar em um dos seus sites internacionais durante um mês todo verão, mas quando seus filhos se tornaram adolescentes, ele passou férias no Japão e visitou Kyoto e o Templo de Prata.

Enquanto estava lá, Huang encontrou um homem trabalhando em um vasto jardim. Ele lembrou que o dia estava “sufocantemente quente, úmido e pegajoso”, mas o homem cuidava com toda atenção dos musgos, apesar do calor sufocante — ele usou apenas uma pinça de bambu para vasculhar a folhagem, o que inicialmente intrigou Huang.

“Fui até ele e disse: ‘O que você está fazendo?’”, afirmou o CEO. “Ele disse: ‘Estou colhendo musgo morto. Estou cuidando do meu jardim.’ E eu disse: ‘Mas o seu jardim é tão grande’. E ele respondeu: ‘Cuido do meu jardim há 25 anos. Tenho muito tempo.'”

Segundo Huang, a interação foi breve, mas as palavras do jardineiro se tornaram um dos “aprendizados mais profundos da minha vida”. 

“Isso realmente me ensinou algo. Este jardineiro se dedicou ao seu ofício e ao trabalho de sua vida. E quando você faz isso, você tem muito tempo”, afirmou Huang. 

A NVIDIA (NVDA) E AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ O DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? ENTENDA

Tempo: o ativo mais caro do dono da Nvidia

As ações da Nvidia acumulam ganho de 166% em 2024 — nos primeiros 15 dias de junho, o papel já avança 44%. Em 12 meses, o salto é ainda maior: +207%. 

No último pregão da semana, as ações NVDA encerram com alta de 1,75%, cotadas a US$ 131,88. Na B3, os BDRs NVCD34 subiram 2,27%, cotados a R$ 14,86. 

No entanto, o ativo mais caro da gigante de tecnologia não é uma ação e sim o tempo. Ao priorizar seu tempo com sabedoria, Huang disse que consegue se concentrar no que é mais importante: ajudar os funcionários a crescer e se desenvolver.

“Eu [passo] todas as manhãs exatamente da mesma maneira”, disse ele. “Começo todas as manhãs fazendo primeiro meu trabalho de maior prioridade. Antes mesmo de chegar ao trabalho, meu dia já é um sucesso. Já concluí meu trabalho mais importante e posso dedicar meu dia a ajudar os outros. Quando as pessoas pedem desculpas por me interromper, eu sempre digo: ‘Tenho muito tempo’.

*Com informações da CNBC

Fonte: SeuDinheiro

Share.