Os acionistas da TIM (TIMS3) e da Telefônica Brasil (VIVT3): nesta sexta-feira (14), as duas empresas de telecomunicações anunciaram, juntas, R$ 475 milhões em proventos.

O conselho de administração da TIM aprovou a distribuição de Juros sobre o Capital Próprio (JPC) de R$ 300 milhões. O valor corresponde a R$ 0,124069241 por ação. 

Vale lembrar que este é o valor bruto dos proventos. No caso do JCP, serão retidos 15% do Imposto de Renda na fonte. 

O pagamento será feito até o dia 23 de julho de 2024. Terá direito aos dividendos quem estiver na base acionária da operadora de telefonia até o final do pregão de dia 21 de junho. 

Após a data de corte anunciada, a TIM negociará papéis “ex-direitos” e passarão por um ajuste na cotação referente aos proventos já alocados. 

Então você pode optar por comprar a ação agora e ter direito aos dividendos ou esperar a data de corte e adquirir os papéis por um valor menor, mas sem o direito ao JCP.

Em comunicado, a operadora ressaltou que “o valor bruto poderá ser modificado em razão da variação na quantidades de ações em tesouraria para atendimento ao Plano de Incentivo de Longo Prazo da Companhia.” 

Nesse caso, a empresa fará um novo aviso aos acionistas informando o valor final por ação. 

Dividendos: Telefônica também paga proventos milionários

Além da TIM, a Telefônica aprovou hoje o pagamento de R$ 175 milhões em JPC. 

A companhia pagará R$ 0,10600627919 bruto por ação. Após o desconto de 15% de Imposto de Renda, o valor líquido fica em R$ 0,09010533731. 

No entanto, os acionistas imunes ou isentos à mordida do Leão deverão comprovar junto ao Departamento de Ações e Custódia do Banco Bradesco S.A, até o dia 01 de julho de 2024.

Segundo a Telefônica, terá direito ao pagamento, a ser efetuado até o dia 30 de abril de 2025, o acionista que estiver na base da companhia ao final do pregão de 26 de junho deste ano. 

Fonte: SeuDinheiro

Share.