O Ibovespa opera com forte alta de 1,22%, aos 128.671,03 pontos, com investidores repercutindo dados do payroll dos EUA. Os Estados Unidos criaram 175 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês de abril, menos que os 243 mil esperados pelos analistas do consenso LSEG. Sobem as ações de Vale (VALE3), grande bancos, companhias aéreas, construtoras, empresas de educação, frigoríficas, petroleiras juniores e siderúrgicas. Só quatro ativos caem no momento: WEGE3 (-0,77%), CIEL3 (-0,36%), PETR4 (-0,35%) e BRFS3 (-0,06%). A desaceleração do mercado de trabalho americano reforça as apostas recentes de que os juros americanos não subirão neste ano, podendo até mesmo cair a depender dos dados. Os dados do mercado de trabalho americano servirão também para ajudar nas apostas para a Selic no Copom da semana que vem. O dólar comercial recua 1%, a R$ 5,05, enquanto os juros futuros (DIs) têm forte queda por toda a curva. Na cena nacional, o presidente Lula recebe o primeiro ministro do Japão ao Brasil, com declaração à imprensa às 11h40 após assinatura de atos. Já o saldo das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) totalizou R$ 5,9 trilhões em março, subindo 1,2% sobre o mês anterior. A produção industrial brasileira voltou a subir em março, com expansão de 0,9%, após um dado praticamente estável (0,1%) em fevereiro e uma queda em janeiro, segundo dados da PIM. (Felipe Alves)

Fonte: InfoMoney

Share.