O FII XP Malls (XPML11) anunciou, nesta quinta-feira (2), a captação de R$ 1,8 bilhão na décima primeira emissão de cotas do fundo, aponta comunicado divulgado pela carteira. O montante representa a maior oferta do mercado em 2024.

A nova emissão do fundo de shopping teve início no mês passado e pretendia captar R$ 1,6 bilhão. A fase de subscrição da oferta foi encerrada na semana passada.

De acordo com a gestão, os recursos serão majoritariamente utilizados para aquisição parcial do portfólio de shoppings da SYN Prop e Tech (SYNE3), anunciada em fevereiro.

Continua depois da publicidade

A transação está avaliada exatamente em R$ 1,8 bilhão e inclui a compra de participação em seis shoppings. São eles:

  • 51% do Grand Plaza Shopping – Santo André/SP
  • 32% do Shopping Cidade São Paulo – São Paulo/SP
  • 52,5% do Tietê Plaza Shopping – São Paulo/SP
  • 70% do Shopping Metropolitano Barra – Rio de Janeiro/RJ
  • 85% do Shopping Cerrado – Goiânia/GO
  • 23% do Shopping D – São Paulo/SP

Leia mais:

Após a captação recorde, a gestão do XPML11 afirma que o fundo se consolida como o maior fundo de “tijolo” – que investe diretamente em imóveis – do mercado, com patrimônio líquido de R$ 6,2 bilhões.

Continua depois da publicidade

“Apesar do cenário macro adverso e volátil, devido a tensões geopolíticas e abertura da curva de juros, a gestora realizou a maior captação de um fundo imobiliário da história, com subscrição de lote adicional”, contextualiza a equipe de gestão. “Isso se dá devido a qualidade do portfólio de shoppings do fundo aliada à força da estratégia de FIIs dentro da gestora, que acumula um patrimônio de quase R$ 20 bilhões”, complementa.   

Segundo o último relatório gerencial, o portfólio do XP Malls é composto por participação em 17 shopping centers, que somam uma área bruta locável própria (ABL) de aproximadamente 160 mil metros quadrados e mais de 3.000 lojas.

Fonte: InfoMoney

Share.