A Gerdau (GGBR4) reportou lucro líquido ajustado de R$ 1,25 bilhão no primeiro trimestre de 2023 (1T24), montante 47,9% inferior ao reportado no mesmo intervalo de 2023, informou a companhia siderúrgica nesta quinta-feira (2).

A empresa explica que o resultado foi “impactado por menores margens e volumes de vendas”.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 2,813 bilhões no 1T24, um recuo de 34,9% em relação ao 1T23.

Continua depois da publicidade

A margem Ebitda ajustada atingiu 17,4% entre janeiro e março deste ano, baixa de 5,5 p.p. frente a margem registrada em 1T23.

A receita líquida somou R$ 16,210 bilhões no primeiro trimestre deste ano, queda de 14,1% na comparação com igual etapa de 2023.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 2,4 bilhões no primeiro trimestre de 2024, um recuo de 33,3% na comparação com igual etapa de 2023. A margem bruta foi de 14,9% no 1T24, queda de 4,3 p.p. frente a margem do 1T23.

Continua depois da publicidade

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 501 milhões no 1T24, uma diminuição de 6,9% em relação ao mesmo período de 2023.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 476 milhões no primeiro trimestre de 2024, uma elevação de 852% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2023. 

Em 31 de março de 2024, a dívida líquida da companhia era de R$ 11,040 bilhões, uma redução de 10,0% na comparação com a mesma etapa de 2023.

Continua depois da publicidade

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 0,40 vez em março/23, alta de 0,09 p.p. em relação ao mesmo período de 2023.

O Conselho de Administração da Gerdau (GGBR4) e da holding Metalúrgica Gerdau (GOAU4) aprovaram a distribuição de dividendos no valor de aproximadamente R$ 785,2 milhões. Do total, R$ 589 milhões são para os acionistas da Gerdau e R$ 196,2 milhões para os detentores de ações da holding.

O montante por ação da Gerdau é de R$ 0,28 e de R$ 0,19 para Met. Gerdau.

Continua depois da publicidade

O pagamento aos acionistas da Gerdau será realizado a partir de 27 de março de 2024 e no dia 28 de maio para os acionistas da Met. Gerdau, com base na posição acionária do dia 15 de maio deste ano.

Assim, a partir de 16 de maio de 2024, inclusive, as negociações dessas ações em Bolsa serão realizadas ex-direito (ou seja, os posicionados a partir desta data não terão direito ao provento).

Fonte: InfoMoney

Share.